O dia dos Oceanos foi proposto pela primeira vez em 1992 pelo governo canadense na Cúpula da Terra no Rio de Janeiro. A proposta é que neste dia possamos refletir sobre a nossa real conexão com o mar, e buscar uma governança sustentável para os desafios atuais e futuros.

Santa Catarina é um estado voltado para o mar. Atualmente vivem nos 36 municípios costeiros 37% da população catarinense. Nossa economia é dependente dos recursos existentes nos 531 km de linha de costa, e em todo o oceano que está a sua frente. Parte dos traços culturais da nossa gente tem origem dos povos além-mar. Os esforços para implementar projetos confiáveis para oportunizar novos espaços de manobra com o intuito de entender tais desafios é eminente. Neste sentido, está nascendo uma idéia inovadora e criativa: O Observatório do Litoral.

Trata-se de um projeto em implantação pela UFSC e UNIVALI que tem como objetivo a organização de uma rede de apoio técnico-científico ao Ministério Público Federal, tendo em vista a promoção de um estilo de gestão democrático-participativa de conflitos relacionados à apropriação dos recursos naturais existentes na zona costeira e o conseqüente fortalecimento da cidadania ambiental. Este projeto recebe apoio da Rede ECOCOSTAS do Equador que tem como missão a promoção da sustentabilidade e equidade dos usos nos ecossistemas costeiros da América Latina e do Caribe.

A proposta de Rede é a de integrar estudos de caso, como é o caso do Observatório, a fim de que estes possam aportar experiências de aprendizagem e de ação e se posicionarem como centros de referência em gestão costeira na região.

Marcus Polette, PhD.
Pesquisador CTTMar/UNIVALI
Bolsista CNPq

You have no rights to post comments

Template Settings
Select color sample for all parameters
Red Green Blue Gray
Background Color
Text Color
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Scroll to top